Variedades

A morte sem solução do ex-BBB de São Bernardo

O assassinato do ex-Big Brother André Luis Gusmão de Almeida, conhecido como Caubói no BBB 9, continua sem solução mais de oito anos após o crime.

Na época, foi relatado que a vítima ouviu latidos e saiu da casa, na chácara onde morava com a família, para ver o que estava acontecendo, quando foi atingida por um tiro na nuca.

André foi levado para o pronto-socorro de Alumínio no dia 1º de junho de 2011, e chegou a ser transferido para Sorocaba, mas não resistiu aos ferimentos.

Resultado de imagem para andré cauboi bbb são bernardo

Nascido em São Bernardo do Campo, o ex-BBB tinha 37 anos quando morreu. Ele era casado e deixou três filhos.

A viúva da vítima casou novamente e teve outros dois filhos com o novo marido. A chácara onde o crime aconteceu continua sendo da família, mas não recebe visitas.


Veja reportagem exibida em 2011 pela Record


A Polícia Civil trabalhou com diversas linhas de investigação, como vingança e cobrança de uma dívida, mas não chegou ao autor do crime.

A hipótese de latrocínio também foi considerada, pois foram levados do local um notebook e uma TV LCD.

Caubói não possuía armas e era uma pessoa conhecida por ter praticado artes marciais. No entanto, a investigação não achou indícios de luta corporal na cena do crime.

Chácara onde ex-BBB André Caoubói foi morto, em Alumínio, não recebe visitas — Foto: Carlos Dias/G1

André ficou apenas 12 dias na casa do Big Brother, comandado na época pelo apresentador Pedro Bial, e foi eliminado com 71% dos votos.

O corpo do ex-BBB que almejava a fama como cantor sertanejo foi sepultado no cemitério da cidade de Alumínio.


Compartilhe!